Adegas de Napa atingidas por terremoto no início da colheita

 

 

Tom Wheelan observou os barris de carvalho que caíram dos suportes das Adegas Hagafen no Vale de Napa e agradeceu aos céus, já que eles estavam vazios no momento em que um forte terremoto atingiu a famosa região vinícola da California.  Mas as garrafas na sala de degustação não deram tanta sorte.

Cerca de dez caixas de vinho caíram no chão durante o terremoto de 6,0 graus de magnitude registrado na madrugada de domingo.

"Isto aqui era um mar de vinho", disse Kit Cassidy, da Hagafen, ao descrever a cena que presenciou ao chegar, quando encontrou litros da bebida inundando a da sala de degustação.

Ao longo da estrada de Silverado, que atravessa os vinhedos saindo da cidade de Napa, atingida pelo terremoto, até a relativamente ilesa cidade de Calistoga, as adornadas portas das famosas adegas estavam fechadas, muitas com cartazes explicando que não funcionariam durante o dia.

Faltava o movimento habitual de fim de semana de limousines, ônibus de turismo e veículos particulares cheios de gente com vontade de degustar os vinhos da famosa estrada do Vale de Napa.

Funcionários das adegas estavam limpando o chão, recolocando barris nos suportes e avaliando o estrago que o tremor causou em suas construções e equipamentos.

"Fechamos para avaliar os danos, e deixar que os trabalhadores se ocupem do que precisarem resolver em suas casas", disse o presidente da Black Stallion Winery, Chris Indelicato, enquanto estabilizava com dois ajudantes um suporte de barris derrubado pelo terremoto.

"Fomos abençoados. Apenas um barriu caiu, e não quebrou", acrescenta.

 

Adegas abaladas, mas em pé

Na renomada Silver Oak, várias centenas de garrafas de vinho de controle e alguns poucos barris se romperam, segundo o porta-voz da adega, Ian Leggat.

Colheitas caras armazenadas na adega de Silver Oak, no entanto, estavam em suportes projetados especialmente para mantê-las a salvo em caso de tremores.

David Duncan, presidente e diretor-executivo da propriedade familiar Silver Oak, acordou seu filho adolescente e se dirigiu à adega 20 minutos após o tremor atingir a região, às 03h20 locais.

Quando chegou, Duncan viu que o terremoto tinha deixado o chão todo molhado de vinho de controle e quebrado algumas garrafas, além de derrubar alguns barris.

Fotos tiradas por Duncan e publicadas em sua conta no Twitter foram retuitadas milhares de vezes ao longo do dia. Ele e seu filho começaram a limpar até que uma equipe chegasse para substitui-los, segundo Leggat.

Os vinhos de controle são amostras de diversos tipos de uvas de diferentes vinhedos que são conservados para que os viticultores possam realizar um acompanhamento das mudanças de sabor à medida que envelhecem.

"Há informações valiosas nestes vinhos, mas não eram vinhos para a venda", explicou Leggat à AFP.

Silver Oak não sofreu danos estruturais. A sala de degustação abriu a tempo na manhã de domingo.

"Acredito que nosso vinho tem um sabor melhor depois de ter sido agitado", brincou Chip Sellarole, responsável pelo atendimento na sala de degustação da Silver Oak.

A colheita começou recentemente no Vale do Napa, com a apanha de uvas para o vinho branco de primeira. Os cachos de uvas pretas pendiam nas videiras que cercam a estrada de Silverado.

Adegas e fábricas de produção na área de Napa reportaram danos. Mas determinar o alcance dos problemas pode levar dias, segundo a associação Napa Valley Vintners.

"Você pode fazer tudo certo e ainda assim sofrer danos em um terremoto desta magnitude", disse Leggat. "Este vai ser caso a caso", explicou.

Se uma pequena adega perdeu uma grande parte de suas colheitas, isso pode ser devastador, de acordo com o encarregado da sala de degustação da adega Judd's Hill, Mitchael Mitchell.

"Para nós não foi terrível", disse Mitchell sobre o efeito do terremoto em Judd's Hill.

"A maioria das adegas pode superar revezes", disse Mitchell. "Mas se elas são pequenas, têm apenas uma colheita, e perdem, é o fim", completou.

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!