Gnocchi de Banana com Ragu de Carne Seca

Ingredientes

  Do Nhoque

  • 500 g de banana da terra bem madura (3 bananas médias)

  • 1 gema

  • 30 g de queijo ralado fino tipo parmesão

  • 50 g a 90 g de farinha de trigo
  •  

  Do Ragú

  • 1 quilo de Carne Seca
  • 8 tomates sem pele e sem sementes
  • 1 garrafa de vinho tinto
  • 1 cebola cortada em pedaços pequenos
  • 1/2 cenoura cortada em pedaços pequenos
  • 1/2 talo de salsão cortada em pedaços pequenos
  • Manteiga de garrafa
  • Açúcar
  • Sal
  • alecrim

Modo de Preparo:

        

        Nhoque

  1. Corte as bananas com casca ao meio, coloque numa assadeira e leve ao forno médio, cobertas com papel alumínio, até ficarem cozidas.

  2. Retire do forno, espere esfriar um pouco.
  3. Retire a casca e amasse com um garfo ou passe num espremedor de batatas.

  4. Misture os outros ingredientes e, aos poucos a farinha para dar o ponto.

  5. Faça dois nhoques e teste numa panela pequena com água fervente se ficou no ponto e tempero certo.

        Dica

        Esprema as bananas numa superfície ou vasilha bem grande para evaporar a água o mais rápido possível, daí precisará de menos farinha.  

 

         Ragú

  1. Corte a carne em cubos médios e deixe dessalgar  por 4 horas (na geladeira e trocando a água de 3 em 3 horas).
  2. Em seguida leve esta carne seca para marinar com uma pitada de açúcar, sal com alho, cebola, cenoura, salsão, alecrim e manteiga de garrafa.
  3. Tire a carne da marinada e “sele-a” numa frigideira, fritando rapidamente de ambos os lados, o suficiente para que ela doure de leve.
  4. Em uma panela grande, leve ao fogo toda a carne já selada , os tomates , o vinho tinto e o alecrim;
  5. cozinhe por cerca de 3 horas em fogo baixo, mexendo eventualmente.

Montagem

Coloque o ragu no fundo prato e coloque e por cima os nhoques. Decore com folhas de sálvia.

 

VINOS PARA HARMONIZAR

Sugerimos dois vinhos que provocarão sensações diferentes, porém cada um com seu brilho próprio, diante deste nhoque.

 

Georges Duboeuf Beaujolais Nouveau

 

Georges Duboeuf nasceu em 1933 na região de Pouilly Fuisse, Borgonha (França), e aos 5 anos de idade já estava participando de sua primeira colheita!

Aos 19 anos Georges Duboeuf abandonou os estudos e passou a se dedicar inteiramente ao vinhedo de sua família, uma das mais tradicionais famílias produtoras de vinho da região.

Em 1964 foi fundada na região de Beaujolais (Borgonha, França) a vinícola "Les Vins Georges Duboeuf" e seus vinhos rapidamente conquistaram os críticos e os melhores chefs da região.

Hoje Georges Duboeuf é considerado "O Rei de Beaujolais" e seus vinhos estão presentes nas cartas de diversos restaurantes com "3 estrelas do Guia Michelin".

 

Uva: Gamay

Safra: 2013

Produtor: Georges Duboeuf

País: França

Região: Beaujolais

Teor alcoólico: 12,5%

Temperatura de Serviço:  entre 14° a 16°C

Visual: Coloração cereja brilhante com toques violáceos.

Nariz: Intenso aroma de frutas vermelhas e negras como framboesa e amora. Toques de groselha, banana e morango

Boca: Corpo leve para médio, com taninos finos e macios e final de boca frutado e refrescante.

Harmonizações: Aperitivo, sanduíches frios, pizzas em geral, pratos leves e queijos leves.

 

Morandé Edición Limitada Sangiovese

 

Fundada em 1996 com o objetivo de produzir vinhos inovadores e de alta qualidade, com foco em sustentabilidade, a Viña Morandé investe em processos de produção e garantia de qualidade na seleção dos terrenos e variedades das uvas, sistemas de irrigação avançado, manejo orgânico em alguns setores e sistemas de acompanhamento do crescimento, maturidade e desenvolvimento da uva, até a colheita. Os vinhedos, localizados em Casablanca, possuem solo de idade avançada e granito profundo. O clima, de influência marítima, imprime ao vale uma condição de clima frio que produz uvas com alta expressão aromática e abundante frescor.

 

Uva: Sangioveses

Safra: 2012

Produtor: Morandé

País: Chile

Região: Locomilla Valley

Teor Alcoólico: 14%

Temperatura de Serviço: 16° a 18°C

Visual: Rubi intenso e profundo com toques violáceos, denso e brilhante.

Nariz: Aromas de frutas vermelhas, cereja preta, framboesa e notas  florais (violeta)

Boca: Fresco e intensamente frutado. Acidez suculenta e bem estruturado com taninos persistentes e finos, Um sabor intenso e suculento.

Harmonizações: Massas recheadas com vitela, carne refogada com molho bem temperado, polpetone de carne assado e recheadoGnocchi de 

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!