Restaurante Preferido

 

Dá até medo começar o post com um título desse. Aquele nosso papo de sempre de que a expectativa é o primeiro passo para frustração e coisa e tal... Mas a real é que sempre que paro para pensar qual meu restaurante preferido fico muito em dúvida. Amo bons vinhos, boa gastronomia e adoro conhecer lugares novos (quem me acompanha faz tempo pelas nossas incursões enogastronômicas  sabe muito bem disso! Mas é a mais pura verdade!), ou seja, me parece que tenho um preferido para cada tipo de comida.

Sempre adorei restaurantes. Primeiro, porque é gostoso, mata a fome com suas comidas e deixa a gente feliz. Segundo, porque quando é um bom restaurante, desperta em nós sensações e lembranças que estavam guardadas em uma gaveta da memória há tempos. Eu sou um fanático por aromas que saem das cozinhas dos bons restaurantes. De manhã só acordo de verdade com o aroma de um bom café (o da minha amiga Didi é ótimo) e me sinto gratificado e feliz pelas coisas boas da vida que me são oferecidas quando o aroma do basilico (manjericão) invade meu espaço. Adoro seu perfume magnifico! A cozinha de um bom restaurante sempre teve esse grande poder sobre mim.

Entretanto, outro dia me perguntaram: O que é um bom restaurante para você? E a resposta que eu sempre dou é de que é uma escolha muito particular. Você pode até pensar que um bom restaurante é aquele que lhe oferece três opções de talheres, mais o de sobremesa e a lavanda, com três taças e pessoas lhe tratando como um rei. Mas, não necessariamente precisa ter tudo isso para ser o seu restaurante preferido. Aqui sempre vale nossa palavrinha mágica: depende!

Com os amigos, talvez aquele bar ou a tradicional cantina que serve a marca de bebida que todos gostam e tem um molho que todo mundo adora, esse seja o melhor restaurante para você e seus amigos. Com a namorada, a escolha merece ser diferente. Talvez aquele bistrô francês ou apenas o barzinho no qual se conheceram seja  o preferido. Uma escolha de um extremo ao outro, mas igualmente prazeroso.

Pelo simples fato de você se sentar, sentir-se bem, ter um atendimento bom e comer algo que lhe seja prazeroso e saudável fará de um simples jantar um evento. Vá com pessoas agradáveis quando possível, coma o que quiser, peça a sobremesa e usufrua do momento que, particularmente, sempre considerei sagrado e de suma importância!

Mas sempre escolha um local confortável que tenha algum significado ou ainda algum restaurante que dê a você uma razão para conhecê-lo e se deixar surpreender. Mas se você é do tipo conservador, que escolhe sempre os mesmos lugares, que assim seja! Aproveite! E se o garçom lhe chamar pelo nome, bom, saiba que esse sim é um belo restaurante!

Em Piracicaba, gosto muito de alguns restaurantes, que já são clássicos, porem é sempre bom relembrá-los – espero não ter negligenciado outros tanto que são igualmente bons:

Em ordem alfabética: Babbo Giovani – Bravíssimo – Casaretto - Fabbier – Giardino – Navegantes – O Português – Pavanelli – Santa Clara – Sassicaia – Sushi Gohan – Toque Brasileiro - Villa Tardivelli (Águas de  São Pedro).

Além disso, adoro os Chefs fantásticos no que fazem: 

 

 

Raquel Veiga                                                      Sanny Braga                                                  Aceves Tardivelli

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!