Semana das Artes

 

Julian Schnabel, que abre mostra quinta no Masp, confessou à coluna não conhecer a fundo a arte brasileira. Disse, no entanto, estar curioso para ver como está montada a Bienal. “Antes disso, não tenho muito o que falar.” Sobre a escolha pelo Masp, frisou o grande espaço concedido: “Cabem trabalhos desde 1998 até de duas semanas atrás”.

Também estarão na galeria do segundo andar dois retratos, ao lado das principais peças da coleção Masp, assinadas por GoyaVelázquez eTiziano. “Acredito que a justaposição de obras figurativas e clássicas vai gerar um efeito interessante, ” disse o artista.


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!