Sobre Gastronomia

 

Comer é muito mais que saciar a fome, é um dos grandes prazeres que a humanidade aperfeiçoou ao longo dos tempos.

Cozinhar é uma arte cada vez mais sofisticada e o cinema soube captar bem isso.

Aqui estão alguns bons filmes sobre culinária para deliciar os olhos e provocar o estômago. Podem sugerir outros do seu gosto.

 

 

  1. SIMPLESMENTE MARTHA - Na trama, Martha (Martina Gedeck), com seu modo charmoso e obsessivo, cria verdadeiras obras de arte cozinhando num pequeno restaurante em Hamburgo. Apesar disso, seu cotidiano é monótono. Martha é muito introvertida e praticamente não possui vida própria, dedicando-se totalmente ao trabalho. Tudo isso muda quando sua irmã morre em um acidente, fazendo com que ela tenha de cuidar de Lina (Maxine Foerste), sua sobrinha de oito anos. É quando aparece Mario (Sergio Castellito), um extrovertido cozinheiro italiano que consegue trazer um pouco de alegria para as duas. No momento em que Martha e Mario começam um romance, o pai de Lina, que há muito tempo estava desaparecido, surge querendo levá-la para a Itália.

 

 

  1. SEM RESERVAS - Este filme é a refilmagem do alemão Simplesmente Martha, que é simplesmente lindo. O que me deixou um pouco chateada ao assistir esse filme, foi que muitas falas foram copiadas do filme alemão. Não, não estou exagerando. Dias antes assisti o original. Mas na essência o filme americano é mais alegre, mais colorido, fala menos de comida. Zeta-Jones é a chef de um restaurante bem conceituado de Nova York, rígida consigo e com suas comidas, ela é obrigada por sua chefe a fazer terapia para mudar seu temperado forte. Sua sobrinha, interpretada por Abigail Breslin (Pequena Miss Sunshine), vai morar com ela após a morte da mãe. Ao mesmo tempo, sua chefe contrata um cozinheiro extravagante para ajudá-la. Com esses ingredientes a comédia romântica gira em torno das relações entre os três personagens e as consequências de mudanças em nossas vidas.

 


           

  1. A FESTA DE BABETTE - Uma misteriosa francesa, fugindo da guerra civil, emprega-se como empregada de duas irmãs num pequeno povoado dinamarquês. um dia ela ganha uma pequena fortuna na loteria e para retribuir a acolhida da comunidade faz um banquete inesquecível para eles. uma delícia indescritível)

 


           

  1. TOAST - Em 1957 um garotinho de 9 anos tem uma mãe que é péssima cozinheira, ela acredita em comida natural ou fresca, o que desperta nele o desejo por cozinhar e comer coisas saudáveis. com a morte da mãe chega uma empregada - Helena Bonham Carter -,  uma cozinheira fantástica que logo vira sua madrasta, criando entre eles uma rivalidade por quem faz os melhores pratos para o pai. feito originalmente para a tv britânica, é um filme adorável)

 


           

  1. RATATOUILLE - Um ratinho com olfato apurado, sai da zona rural para Paris viver seu sonho de tornar-se um grande chefe de cozinha. o desenho da Pixar ganhou o Oscar de animação e fez imenso sucesso)

 


           

  1. JULIE & JULIA  - Duas histórias paralelas, na década de 50, uma americana torna-se celebridade com um livro sobre culinária francesa e 50 anos depois uma funcionária pública desempregada decide fazer todas as receitas do livro e publicar num blog. Meryl Streep e Amy Adams respectivamente estão ótimas e os pratos são... apetitosos)

 

 

  1. COMER, REZAR, AMAR - Julia Roberts é uma mulher em busca de sentido para sua vida e abandona tudo para fazer uma viagem de auto-conhecimento pela Índia, Bali e Itália, onde descobre o prazer da gastronomia. um best-seller de auto-ajuda transposto para o cinema onde, como esperado, só se salvam as paisagens e as comidas... aaah as comidas)

 

 

  1. A FANTÁSTICA FÁBRICA DE CHOCOLATE - Quando crianças todos devemos ter pensado em como se fabricam aqueles doces deliciosos que encontramos no supermercado... o livro de Roald Dahl nos deu um tíquete para conhecer a fábrica de Willy Wonka desvendar esse mistério. nesta lista destaco a versão de 1971, estrelada por Gene Wilder, mas a de Tim Burton também é ótima)

 

 

  1. O COZINHEIRO, O LADRÃO, SUA MULHER & O AMANTE - Um gangster janta todas as noites na companhia de sua esposa em um sofisticado restaurante, mas seus modos grosseiros fazem com que ela se interesse por um outro frequentador, com quem faz sexo no próprio restaurante, acobertados pelo cozinheiro francês. claro que esse triângulo não termina bem. o cardápio vai do sublime ao escatológico. lindamente iluminado pelo fotógrafo Sacha Vierny, envelopado pelos figurinos de Jean-Paul Gaultier, sob a batuta do arquiteto visual Peter Greenaway é um filme, no mínimo, curioso)

 

 

  1. SABOR DA PAIXÃO - Penélope Cruz é uma brasileira, que cozinha divinamente e faz do restaurante de seu marido - Murilo Benício -, na Bahia, um grande sucesso. mas ela é traída pelo marido e decide mudar-se para San Francisco, onde assume um programa de culinária na tv. roteiro fraquinho, mas boa comida)

 

 

  1. OS SABORES DO PALÁCIO - Uma cozinheira do interior é convidada a assumir a cozinha do Palácio do Elisée, sendo a responsável pelas refeições do presidente francês, tendo que enfrentar a resistência dos chefs mais antigos. os franceses amam e compreendem a culinária como ninguém. o filme é um desfile de cores e sabores deliciosos)

 

 

  1. COMO ÁGUA PARA CHOCOLATE - Conta a história de um amor proibido entre Tita de La Garza e Pedro Muzquiz. Proibidos de se amarem, Tita encontra outra forma de compartilhar sua paixão com Pedro a comida. O resultado é uma grande rivalidade entre Mama Elena com todo seu respeito às tradições, Tita e Pedro.

 


           

  1. LE CHEF (2012) - Jean Reno é um chef em Paris prestes a perder seu emprego caso perca sua terceira estrela Michelin. História muito real para muitos chefs franceses atuais. Ele se reencontra ao conhecer um jovem e espirituoso chef, que será seu braço direito para se reinventar e encontrar um novo caminho.
 
 
14. O SABOR DE UMA PAIXÃO - Abruptamente abandonada pelo namorado, uma jovem americana (Murphy) se vê de repente em Tokyo totalmente    
      perdida e sozinha, em meio de uma cultura completamente diferente da sua. Tentando reorganizar a sua vida, Abby de um hora para outra se 
      percebe frequentando o restaurante de ramen típico de seu bairro. Depois de observar os mágicos efeitos que a comida do restaurante tinha 
      sobre os seus clientes, Abby se convence de que seu destino é se tornar uma chefe de cozinha especializada em ramen. Ela consegue 
      convencer o chefe japonês tirano e temperamental onde ela trabalha, a ensiná.la a arte de se fazer um bom ramen. Apesar do péssimo 
      relacionamento entre os dois, ambos descobrem juntos o ingrediente mais importantes de todos: cozinhar com amor.

 

 

  1. ESTÔMAGO - É a história de Raimundo Nonato, migrante nordestino, e seu aprendizado de vida em uma capital do sul do Brasil. Aprendizado de vida, mas sobretudo de cozinha, pois é através desta arte que Nonato descobre a si mesmo e se relaciona com os outros. É nas cozinhas rudimentares de bares e pequenos restaurantes (e até em uma cela de prisão) que Nonato vive e realiza sua sina.

 


           

  1. CHOCOLATE - Uma jovem mãe solteira, e sua filha de seis anos (Victorie Thivisol) resolvem se mudar para uma cidade rural da França. Lá decidem abrir uma loja de chocolates que funciona todos os dias da semana, bem em frente à igreja local, o que atrai a certeza da população de que o negócio não vá durar muito tempo. Porém, aos poucos Vianne consegue persuadir os moradores da cidade em que agora vive a desfrutar seus deliciosos produtos, transformando o ceticismo inicial em uma calorosa recepção.

 

 

  1. DIETA MEDITERRÂNEA – VOCÊ vai adorar o filme espanhol do diretor catalão Joaquín Oristrel. Contando com a assessoria de grandes chefes da culinária internacional, como o também catalão Ferran Adriá, o diretor conta a história da jovem chef de cozinha Sofia (Olivia Molina) e seus dois amores – o marido Toni (Paco León) e o amigo Frank (Alfonso Bassave). Sofia vive às voltas com panelas e fogões desde criança, já que cresceu dentro do restaurante dos pais, cuja cozinha um dia fica pequena demais para o seu talento. Casada com Toni, ela aceita um convite do maître Frank para ser chefe de um grande hotel cinco estrelas, e aí começam as confusões.

 

 

  1. O AMOR ESTÁ NA MESA - Jovem cozinheiro (Jason Lee) serve os mais requintados pratos na Marinha americana. Após discutir com um dos oficiais, ele termina por ser expulso da corporação e consegue uma vaga num dos mais badalados restaurantes da França, comandado por conhecido chef Louis Boyer (Eddy Mitchell) e sua filha Gabrielle (Irène Jacob). 
 
 

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!