Vinha Val dos Alhos Castelão

Um castelão escuro cheio de luz, ou seja, quando parece que nada acontece, eis que surge de dentro da garrafa um vinho luminoso  vindo de Palmela, ainda não totalmente maduro e adivinhando uma boa longevidade. Um vinho potente, porém macio e elegante.

Um desses vinhos que explicam porque Palmela é uma Denominação de origem em alta.

A Castelão é mais uma das castas tintas utilizadas na produção de vinhos de corte, contudo, na Península de Setúbal são produzidos vinhos varietais com esta uva, que no passado foi conhecida por Periquita, nome que vem do vinhedo Cova de Periquita plantada por José Maria da Fonseca e de um dos vinhos portugueses mais vendidos no Brasil. A mudança no nome da uva se deu em razão de uma lei que proíbe o uso do nome de uma variedade com fins comerciais.

Como é o caso, como muitas outras variedades generalizadas, Castelão tem uma multiplicidade de sinônimos. É conhecida em outras partes do país, como Trincadeira, Bastardo castiço, Castelão Frances, João de Santarém, Trincadeira Preta, Santarém, Mortagua.

Embora seja cultivada por todo o país, destaca-se sobretudo nas regiões costeiras a sul e por vezes entra na constituição do Vinho do Porto.

Esta casta revela o seu melhor em climas quentes e terrenos arenosos, mas pode adaptar-se a uma diversidade de condições. Os vinhos da casta Castelão são concentrados, aromáticos, com taninos bem marcados que lhes dão boas condições para envelhecer, mais agressivos na juventude, mas que se tornam macios com a idade.

 

Uva: Castelão

Safra: 2012

Produtor: Horácio dos Reis Simões

Enólogo: Luís Camacho Simões

País: Portugal

Região: Palmela - Setubal

Teor Alcoólico: 14%

Temperatura de Serviço: entre 16º a 18ºC

Sugestão de guarda: deve estar em seu melhor momento entre 2 a 4 anos.

Vinificação: Fermentado com caules e filme em lagares de pedra, sem controle de temperatura. O mosto é pressionado separando o vinho das cascas e caules.

Amadurecimento: A fermentação malolática ocorre em barricas de carvalho francês por 9 meses e por mais 3 meses em garrafas.

Visual: Coloração rubi escura, viva e brilhante, com halo ainda claro e lágrimas finas e lentas, o que nos mostra uma boa untuosidade.

Olfato: Aromas elegantes, com presença de frutas, alcaçuz, chocolate, Tabaco e toques defumados.

Paladar: Vinho encorpado com taninos elegantes, alta acidez e excelente persistência

Harmonizações: Queijos, comidas mediterrâneas, carne de porco, sopa de feijão,  frango grelhado e risoto  de funghi. 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!